Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006

Sou tua

Sou tua,

Amor que perdura

Na imensidão crepuscular da vida.

D'alma perdida,

Num amanhecer desperto,

Cinzento e prospecto...

Emoções acumuladas

Numa nuvem indisposta,

Niquenta e predisposta

A choramingar de triste alegria.

Sou tua

Na noite dura

De intenso desejo,

Propenso beijo,

P' lo ar enviado,

P' lo vento transportado,

N'alma guardado;

Gravado como mensagem não lida,

Não urgente mas sentida.

Amo-te

E sou tua

No universo da tarde escura

Noite iluminada, madrugada de luz

Do teu calor sem fim

Intenso, veemente, ardente frenesim.

Sonho acordado,

Desejo de um beijo,

Do teu amor por mim.

Sou tua

E quero-te para mim

Pois serei tua

Na eternidade, na alvura

Nas cinzas do meu corpo

No túmulo, no céu conquistado

E teu coração derrubado

Minha humilde beleza, solidão carmim,

Sorriso doce de suave cetim.

Sou tua

E meu não és

O vazio amadurece

Esperança perdida,

Confiança esquecida,

Louca mente de revés.

E quando a noite adormecer

E o amanhã despertar

Sou tua toda a vida

Distante mas sentida

Pois não te tenho

Mas a mim terás

Sonho ilusório de esperança capaz

De não perder o que sempre terás

Pois sou apenas...tua.

sinto-me: inspirada...
música: Foi feitiço - André Sardet
publicado por melinha às 09:10
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De oteumelhoramigo a 30 de Outubro de 2006 às 11:02
Ser de alguem q ñ nos pertence é mto sofredor...mas pensa q por vezes as coisas podem ser mais simples do q pensamos.
Adorei o poema
beijinhos
De Angela a 30 de Outubro de 2006 às 15:21
Bonito devaneio repleto de paradoxos que no fundo espelham os próprios paradoxos do amor!

E adorei cada acento! Fantástico!

Está mesmo muito bonito!

Beijo grande.
De quebrei o silencio a 30 de Outubro de 2006 às 15:29
"Sou tua
E quero-te para mim
Pois serei tua
Na eternidade, na alvura"

Um milhão de vezes ouvi e não me importaria de ouvir dois milhoes de vezes...

**beijos**
De Vera a 30 de Outubro de 2006 às 17:27
Está tão, mas tão lindo!!! Que bela poetisa me saíste!!!
Maravilhoso! Adorei mesmo imenso! E também eu leio e releio e sempre com vontade de voltar a ler!
Beijinho enorme!!!
De nevoeiro_vagabundo a 31 de Outubro de 2006 às 09:37
bom haver lugares como este teu onde as palavras namoram...
beijo vagabundo
De tics a 2 de Novembro de 2006 às 10:56
Simplesmente lindissimo, sem mais palavras.
Beijinho
De paulo Santos a 3 de Novembro de 2006 às 17:50
de facto estavas verdadeiramente inspirada!!!
Um post doce e saltitante!
Adorei!

Um beijo

Paulo
De melinha a 3 de Novembro de 2006 às 18:13
:o) gostei dessa tua definiçao
brigada pela visita
bj e bom fds
De isa&luis a 7 de Novembro de 2006 às 20:59
Olá,
gostei muito de te ler. Deletei-me no leito da alma.

Beijinhos

Isa
De Vera a 9 de Novembro de 2006 às 17:06
Amiguinha, tenho um desafio para ti no meu blog!
Beijinhos
De paulo Santos a 13 de Novembro de 2006 às 16:04
passei para te ver, dar um beijo e espreitar novo post...
fico a aguardar!

Um beijo

Paulo
De melinha a 13 de Novembro de 2006 às 16:30
vai haver algo mais k apenas um post ;)
aguarda pode ser que valha a pena
bj

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog!

. As minhas manias

. Sou tua

. Chuva

. Somos cegos - II parte

. Somos cegos...

. ...

. Dias tristes...

. Meu anjo

. Falta-me...

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.favoritos

. Sou tua

. ...

. Dias tristes...

. Meu anjo

. Falta-me...

. Meu amigo...

. Um dia...

. ...

. ...

. ...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds