Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

...

Esta noite descobri o amor

Por entre ventos e rios de chuva

Esta noite descobri

A paixao sobre a luz da lua

Numa praia sem fim

Numa areia desenfreada

Perante o louco mar de agitada revolta

Descobri o amor em ti.

Esta noite, como em mais nenhuma outra

Senti o que nunca mais sentira

O que nao mais voltarei a sentir

Senti este amor que me fascina

Este amor que chega

E promete nao partir

Esta noite

Por entre raios e trovoes

Cresceu uma eternizada paixao

Interior e externa

No pensamento, na imaginaçao

No profundo mais profundo do meu coraçao

Esta noite encontrei

O que nao mais sera esquecido

O que nao mais deixara de existir

Esta noite deixei tudo

Para encontrar o perdido amor que nao encontrei

Esse amor ha muito ainda nao encontrado

Esse amor agora descoberto

Nessa praia de amor imensa...

Esta noite

No centro de toda aquela tempestade

Era construido o amor

Num raio de felicidade

O amor a primeira vista

Pode nao ser verdadeiro

Mas senti ao me olhares

Que aquele amor era o primeiro

Porem mais tarde percebi

Nao era apenas o primeiro

Era um amor de eterna paixao

Era o unico, o verdadeiro

 

música: Feel - Robbie Williams
publicado por melinha às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

...

Vi-te no meu quarto

E sonhei

Sonhei fazer-te meu, imaginei-te

Construi-te numa so noite.

Fiz de ti uma tela

E pintei-te como so eu queria que fosses

Ilusao abismal

Conservaçao inquieta

Sonho meu

Para sempre foste o sonho que eu amei

Para sempre foste meu

Foste o meu sonho encontrado

Na noite em que te descobri

E de manha nao te perdi

Pois continuaste e continuas a ser

O meu sonho

sinto-me: ...feliz
música: Nickelback - Far away
publicado por melinha às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 25 de Agosto de 2006

...

Vi-te, atrai-me, apaixonei-me

Perdi o controlo

Amei-te sem fim.

Amor louco,

Paixao sem limites.

Desaire,

Desvario,

Obsessao.

Vi-te e senti que eras tu.

À primeira vista tudo é diferente

É como conhecermos alguem sem saber o que vem a seguir

Mas quando te vi sabia que tudo ia mudar

Amor meu,

Paixao da minha vida,

Meu destino...

Como posso fugir ao destino

Se te amei por um so olhar?

Vi-te, ao longe, e senti-te tao perto...

E ao me aproximar desejei conhecer-te, falar-te, ouvir tua voz

E ela dirigiu-se a mim, bela e limpida por um segundo.

E tudo pareceu mais belo, senti-me num mundo de ilusao...

E depois de nos cruzarmos a paixao ficou num so olhar.

Coisa impossivel de se esquecer

Coraçao impossivel de nao amar...

E amei-te

Sofri em silencio

No segredo da madrugada.

E ando por todo o lado, infeliz

Procuro-te

E nao te encontro.

Onde estas, meu amor?

Nao sei.

Talvez bem, talvez nao

Continuarei a sofrer

Com a certeza que nao mais te voltarei a ver.

 

 

 

sinto-me:
música: Donna Maria - Quase Perfeito
publicado por melinha às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006

Medo

Medo

Sentimento tragico

De tristeza desconsolada do sentir

Amargura

Desesperança

Pessimismo

Pressentimento.

Medo de sofrer,

Medo de te perder.

Medo disto, medo daquilo...

Medo de que?

Medo de deixares de me amar

Medo de deixar de ser feliz

Sentimento desesperado,

Sentimento mesquinho

Pensamento agitado

Alegoria mortifera

Melancolia inevitavel

Sofrimento piegas

Medo.

Mas medo para que?

Se a vida sao dois dias

E apenas um sorriso

Se viver toda a vida com medo

É viver numa prisao inaudita,

Tortuosa, nunca acabada.

Medo

Coisa descontrolavel de se sentir

Se a coragem é o orgulho

E o medo a vergonha

Medo por tudo,

Medo por nada...

Há coisas que devemos sentir

Há coisas que nao se deve sentir

E que sentimos

Sem querer saber se devemos ou nao sentir.

 

 

 

 

sinto-me: cm medo...
música: Shakira - La Tortura
publicado por melinha às 16:21
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Mar

Mar imenso

Perola sagrada

No refugio do teu silencio

Me escondo e me procuro dos meus medos cintilantes

Medos mesquinhos

Arrebiques sem importancia.

Coisas de criança comparados com a vida de alguem...

Mar poderoso

Deus do mundo sem fim.

Revolta do meu interior

Calma em mim.

Deixa-me refugiar em ti minhas magoas;

Seca as minhas lagrimas

Concede-me o desejo de leveza do espirito

Ouve o meu implorar

Mostra-me misericordia divina

Acalma meu ser

Conforta-me e proteje-me de sentimentos proibidos

Permitidos pelo instinto

Consagrados a virtude oposta

Mar infinito

Mar meu

So tu me das o prazer da reflecçao.

De reflectir na vida, na morte à tristeza

E no começo de uma vida nova.

 

 

sinto-me:
música: Adversiting space- Robbie Williams
publicado por melinha às 15:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006

Revolta

Desaire,

Loucura,

Tragédia.

Amor,

Desgosto,

Fracasso.

Desilução desconsolada

Revolta revoltada na revolta de um deus menor.

É revolta,

É designio.

É tristeza magoada,

É solidão, é martírio.

Revolta

O espelho partido,

A cortina esvoaça,

O mar ruge,

O vento ecoa,

A criança esconde-se.

Vidros partidos,

Louça no chão,

Brisa revoltada,

Maresia inquieta,

Rosto meu

Amargura,

Tristeza,

Lágrimas minhas,

Revolta.

Ondas selvagens,

Ondas de força,

Pensamentos meus,

Fúria.

Ondas de fúria percorrem-me

Num oceano infinito de cólera

Penetrando nas chamas da vingança da vida.

Perder-me em ti,

Mergulhando num mar de absoluto

E revoltar-me,

Como tu,

Como o vento.

Arrancar numa estrada a 100 à hora

Para me perder,

Para fugir,

E em ti me refugiar.

Desconsolo,

Tristeza,

Lágrimas minhas,

Revolta.

 

 

sinto-me: revoltada
música: Because of you - Kelly Clarkson
publicado por melinha às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 12 de Agosto de 2006

Ja te sei de cor...Podes crer!

Sei de cor

Cada traço do teu rosto, do teu olhar

Cada sombra da tua voz

E cada silencio, cada gesto que tu fazes, meu amor

Sei-te de cor

Sei cada capricho teu

E o que nao dizes

Ou preferes calar

Deixa-me adivinhar

Nao digas que o louco sou eu

Se for tanto melhor

Amor, sei-te de cor

Sei porque becos te escondes

Sei ao pormenor

O teu melhor e o pior

Sei de ti mais do que queria

Numa palavra diria

Sei-te de cor

 

Sei cada capricho teu

E o que nao dizes ou preferes calar

Deixa-me adivinhar

Nao digas que o louco sou eu

Se for tanto melhor

Amor, sei-te de cor

 

Sei de cor

Cada traço do teu rosto,

Do teu olhar

Cada sombra da tua voz

E cada silencio, cada gesto que tu faças, meu amor

Sei-te de cor.

 

 

sinto-me:
música: Sei-te de cor- Paulo Gonzo
publicado por melinha às 10:56
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Deus vs Igreja

Religiao é sempre um tema de muita controversia, especialmente porque existe um grande numero de religioes de praticas e credos diferentes, o que provoca muitas vezes desrespeito e antipatia entre os respectivos fieis.

E o que é uma religiao?

A religiao é uma crença. Acreditar em algo ou alguem que esta acima de nos, numa "força superior" como refiro no anterior post. Em quem confiamos acima de tudo, que nos da conforto, que nos da paz. A paz, o conforto, a confiança de acreditar que melhores dias virao, que um milagre chegara e que os nossos desejos serao realizados...

A religiao baseia-se na crença, na confiança num deus, de que tudo será como "Deus quiser" e e basta-nos sujeitar à sua vontade, acreditando que assim é o mais correcto e que mesmo que nao o quisessemos dessa forma é assim que deve ser. Mas sera esse o pensamento certo? Afinal de contas quem manda na nossa vida somos nos proprios, apesar de por vezes surgirem acontecimentos na nossa vida que nao estavamos a espera e que nao aconteceram por nossas maos. Sera Deus suficientemente poderoso para manipular as nossas vidas?

Varias religioes adoram um deus diferente...Ou todas adoram o mesmo mas atribuem-lhe caracteristicas e nome diferentes??

E o que é Deus?

Alguem ou algo que esta acima de nos, a tal "força superior" em quem confiamos de modo a sentirmo-nos melhor e mais confiantes relativamente ao futuro.

Mas uma questao se tem levantado ao longo dos tempos...

Existira Deus?

Muita gente acredita num deus que nunca viu e chegam a levantar-se duvidas relativamente a tudo. Pois uma religiao é uma crença e é preciso muito para acreditarmos em algo que nunca temos provas de ser existente.

Talvez porque pareça ridiculo imaginar um homem sentado numa cadeira no ceu espreitando sobre as nuvens o mundo ca em baixo e como nos comportamos de modo a viajarmos para o inferno apos a morte ou merecermos o ceu como recompensa dos nosso belos actos...Talvez por isso muita gente nao acredite, talvez porque nunca se tem bem a certeza que assim é, talvez porque nao sabemos sequer se existe vida para alem da morte.Porque quando morremos vamos para o caixao e de la nao saimos e porque, dissem algumas pessoas, nao existe alma... 

Muita gente nao acredita que a alma existe. Eu acredito pois penso ser a nossa parte fraca. É ai que estao reunidos todos os nossos sentimentos, desde o mais revoltante ao mais mesquinho, desde o mais frio ao mais piegas...Mas sera a alma assim tao leve para largar o corpo apos o fim e seguir o seu destino final?Só ha uma maneira de descobrir mas muitas formas de acreditar...

Pois a religiao e uma questao de fe, de acreditar no sobrenatural e nao que a ciencia gera a vida. Mas sera realmente assim? Muitos fieis ja foram perseguidos, presos, torturados, por acreditarem em algo que supostamente controla o mundo. Mas sera o mundo controlado por um ser divino que ninguem ve? Ou sera o homem que controla o mundo? Talvez tudo seja um mito, como mitos de deuses que teriam existido ha milenios na grecia, em roma, no egipto...muita gente acredita somente que a biblia e apenas um livro como qualquer outro e que a igreja, essa instituiçao que nos deve ajudar e chegar mais perto do ceu e tudo um negocio e so isso. Que provas temos de que o que esta escrito na biblia aconteceu mesmo?? Milagres, catastrofes naturais...muita gente cre que e tudo provocado por um deus que controla o mundo em que vivemos...sera mesmo assim?? Sera Deus essa natureza? 

Concentremo-nos no tópico da expressão que dá nome a este post.

Deus e a Igreja...

Será Deus a "própria" igreja??

Analisemos detalhadamente a questão.

A Igreja como instituição dedica-se mais ao material, Deus enquanto homem e ser divino dedica-se sobretudo ao espiritual...porque a verdadeira riqueza no reino de Deus é a paz e o amor...como a própria igreja o proclama, o que é bem impressionante, pois se observarmos com atenção os oficiais desta instituição vislumbramos a magnífica riqueza que os rodeia...bons carros, motorista, belas residencias, luxuosos bibelots, adornos de fazer inveja à princesa do Mónaco...

Enfim...todo um luxo a que os mais poderosos da Santa Madre Igreja teem acesso. E nas cerimónias sagradas dão-nos lições de moral. Vejamos pois, meus senhores:

" Meus filhos, não devemos nunca ter atitudes maliciosas, pois Deus, que é Todo-Poderoso não quer pessoas maliciosas no Seu reino".

Nunca devemos dar sermões sem analisarmos primeiro nossos pecados...

Deus quer que a sua palavra seja partilhada com o objectivo de um mundo melhor, sem se dedicar ao prazer material ou não tivesse dito Jesus, seu adorado filho que "é mais fácil um camelo passar no buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dos Céus".

A igreja é uma das instituições com mais poder no mundo. Tem muita influência, arrasta multidões, tem o dom da palavra.  

sinto-me:
publicado por melinha às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 5 de Agosto de 2006

Destino

Existira o destino?

O destino é das coisas que muita gente nao liga mas que esta sempre presente nas nossas vidas. É algo que tem dois lados opostos. De um lado as pessoas que acreditam, do outro as que nao acreditam.

Mas o que é o destino?

Muita gente o considera como o futuro e apenas isso; que o futuro é o destino e que nao podemos nada contra. Para mim o destino é algo que esta definido na nossa vida e que nao podemos mudar nem criar; diferente do futuro. Nao podemos criar o nosso proprio destino mas podemos construir o nosso futuro. O futuro é algo que escolhemos e so nos o podemos fazer. O nosso futuro depende de nos; o destino depende apenas do destino, nos dependemos do destino. O destino é algo que nos leva ao futuro; é algo do qual, como se costuma dizer, "nao podemos escapar". Acontecimentos, setimentos, coisas que acontecem sem poder ser evitadas e que mudam o nosso futuro ou que o encaminham de modo diferente.

Acreditar que o destino existe é acreditar que a nossa vida é conduzida por um mecanismo de controlo, uma força superior que construiu um destino para cada um de nos, que controla a vida de cada um de nos, surpreendendo-nos com coisas boas e coisas mas; felicidades e desilusoes, pois "o que tem de ser" tem muita força e nada podemos contra esse poder. Acreditar no destino é acreditar em algo que nos faz lutar pela vida, que nos da força para continuar e que nos conduz para o futuro.

sinto-me: ...
música: matafix- big city life
publicado por melinha às 10:31
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog!

. As minhas manias

. Sou tua

. Chuva

. Somos cegos - II parte

. Somos cegos...

. ...

. Dias tristes...

. Meu anjo

. Falta-me...

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.favoritos

. Sou tua

. ...

. Dias tristes...

. Meu anjo

. Falta-me...

. Meu amigo...

. Um dia...

. ...

. ...

. ...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds